terça-feira, outubro 10, 2006

Mudando de blog

A Renata comentou comigo que meu querido blogzinho aqui não deixava os amigos e demais interessados postar comentários sem que eles estivessem cadastrados.

Não gostei disso.

Primeiro que eu acho um saco toda e qualquer obrigatoriedade. Acho que se a pessoa quer opinar, comentar, discordar, debater ou concordar com o que outra fala deve ter toda a facilidade para fazer isso, e não dificuldades.

Por isso mesmo, meus bons e caros amigos e possíveis visitantes anônimos, resolvi mudar de blog... meu novo endereço agora é:

http://emterraestrangeira.zip.net/

Como não queria, por assim dizer, começar do zero lá, fiz a loucura de migrar todos os meus posts anteriores daqui para lá... hehehehehe

Espero que continuem me acompanhando. E, agora, comentando.

sexta-feira, outubro 06, 2006

Elevado


Fotinho do Ben Harper no show que ele fez hoje, dia 5 de outubro, em Madrid.

Simplesmente fantástico... fiz essa foto apesar da proibição em se fazer fotos e do medo de algum segurança me expulsar e/ou tirar a câmera.

No final, apesar da cagaceira, fiz quatro vídeos e três fotos... mas ainda tenho que descobrir como conseguir melhor foco em fotos de longe e com pouca luminosidade.

Mas uma coisa é certo: o show hoje elevou tanto a minha alma que vai ser difícil pregar o olho e dormir... hehehehehe


Ben Harper

Ben Harper and The Innocent Criminals... que show fantástico.

Eu diria, quase uma experiência espiritual. Ou mais.

Em shows como esse eu realmente sinto como a arte tem a qualidade de resumir o que há de mais belo.

Eu delirei com o show do Pearl Jam, também no Palacio de Deportes, em Madrid. Mas foi outro tipo de sensação.

O show do Pearl Jam foi muito bom, foi uma realização de um antigo desejo.

Mas o show do Ben Harper and The Innocent Criminals foi ainda melhor, mais emocionante. Artisticamente falando, melhor.

Claro, são dois estilos muito diferentes, Pearl Jam e Ben Harper... o segundo é muito mais inventivo no palco. Nossa, maravilhoso.

E na música Diamonds in the Inside, eu quase chorei... fiquei com lágrimas nos olhos, lembrando dos bons amigos, especialmente do Cristiano e da Fabiana - porque dei esse CD para a Fabi em um de seus aniversários. Foi demais.

Em pouco mais de duas horas de show, eu e a galera deliramos com a apresentação e três "bis", sendo o primeiro maravilhoso, com o Ben Harper no palco sozinho, e os outros dois com a banda. Eu assisti ao show sentada e foi muito, muito bom - para a minha surpresa, de quem sempre gostou de estar na galera. Acho que vou viciar em ver show em cadeira... hehehehe

E, para fechar, a mensagem da última música, que foi delirante, com todas as luzes acesas e ele cantando realmente com o coração: "I Believe In A Better Way".

quinta-feira, outubro 05, 2006

Em qual?

Em que mentiras você quer acreditar?

Basta escolher, tem muitas por aí.

Um cantinho, um violão...

Putz, nada como estar de bom humor.

E eu essa semana toda estou com um puta bom humor. Meu, sinto que tenho mil motivos para comemorar. Ok, eu fiquei hiper feliz com o segundo turno, apesar de achar que o Lula deve ganhar no segundo turno, mas só para não ver ele ganhando no primeiro já fiquei felicíssima.

Mas não é só isso. É muito mais.

Por exemplo, fiquei ainda mais feliz hoje, ao receber o modem inalámbrico em casa... "Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós!!!!"

Agora sim, mais do que nunca, meu quarto e o resto da cidade da porta do apartamento para fora são meu mundo, meu país. Que gostoso isso!!!!

Dorian Gray

Uma das coisas bacanas da minha nova vida é que, finalmente, consigo tempo para fazer algo que há muito tempo queria fazer: ler meus livros queridos.

Já li vários livros nesses meus 27 anos de tenra idade, mas tenho bilhões de outros que não li e sempre quis ler.

E, agora mesmo, estou lendo um destes que tanto quis ler por tanto tempo... O Retrato de Dorian Gray, do Oscar Wilde.

E devo dizer: é delicioso!!! Recomendo e recomendo.

E cito aqui uma de suas pérolas - e ele tem várias:

"Nada pode curar a alma, senão os sentidos; como não há, para curar os sentidos, nada como a alma".

domingo, outubro 01, 2006

Eleições

Sexta-feira, depois do encontro para troca de filmes, eu, Luca, Ricardo e Pablo fomos a um bar picar algo. E falamos de política... relembramos os últimos governos, desde Collor, e eu fiz um comentário que pode, para alguns, ser exagerado, mas que expressa exatamente o que eu penso sobre uma possível reeleição do Lula. Eu disse: "Para mim, o brasileiro reeleger o Lula é tão grave e absurdo quanto o norte-americano ter reeleito o Bush".

E é verdade. O norte-americano, quando reelegeu o Bush, afirmou claramente que não se importava com o fato de seu presidente mentir e falar tonterias volta e meia, mas que estava interessado em que a economia seguisse bem e tudo o mais. E o brasileiro reelegendo Lula demonstra que não se importa em ser enganado, de ser roubado, que lhe interessa mais que a economia continue os mesmos passos iniciados por FHC e ponto.

Agora, fiquei feliz em ler no site do UOL que há chance do segundo turno. Nossa, seria ótimo!!! O Lula saber que ele não está com essa bola toda para ganhar no primeiro turno. E, quem sabe, acontece um milagre do povo despertar e virar a mesa, elegendo o Alckmin. Sei que é sonhar demais, mas não custa...

Eu votei hoje cedo. Não tinha quase ninguém na Casa do Brasil. Acordei as 9h30min e, uma hora depois, já tinha votado. Peguei o meu título novo - até porque o antigo foi roubado. E nesse já aparece Madrid como minha zona eleitoral. Foi estranho chegar lá e votar para presidente... mas votei super rápido, apesar de não ter me ligado de anotar o número do Alckmin antes - primeira vez que voto na minha vida sem levar colinha. Mas tinha o número dele na minha frente e foi hiper rápido votar - até comentaram isso. hehehehehe. Mas se eu sai sem o número do Alckmin, tinha anotado já a minha seção e tudo o mais.

Agora é esperar o resultado...

lamento saber que o brasileiro tem o Lula como preferido e que o Collor, aquele famigerado, pode voltar a ser eleito.

sexta-feira, setembro 29, 2006

Finalmente a internet!!

Nem falei nada antes para não dar azar... e não deu, no final das contas.

Eu estava sem internet decente em casa desde abril... E, de uns meses para cá, enchendo o saco da maldita empresa Ya.com para nos liberar a linha.

Semana passada tentei, mas não consegui uma resposta positiva. No início dessa semana consegui falar com a maldita empresa e soube que já tinham nos pedido a liberação da linha. Aí ataquei a Telefonica para eles acelerarem o processo... e me falaram que ontem, talvez, já teríamos a conexão liberada.

Ontem recebi ligação no celular enquanto estava trabalhando, mas não sabia de quem era o número. A noite recebo mensagem no celular dizendo que hoje, bem dia da minha folga, entregariam o modem... E entregaram, a tarde, depois de eu já estar desacreditando.

Eeeeeeeeeehhhhhh. Nem me importo de ter ficado de molho em casa esperando... Logo que chegou fui atrás da instalação e, depois de umas tentativas frustradas, consegui acessar a net. Depois liguei pedindo um modem para acessar a net sem cabos... e ele deve chegar no início da próxima semana.

Coisa linda!!!! Agora sim vou conseguir colocar a conversa em dia com os amigos e a vida em ordem.

Meu, vejam só...

Realmente, o tempo voa. Hoje é dia 29 de setembro...

Logo mais vou completar um ano em Madrid.

Pouco depois, vou para Blu... Para curtir família, amigos, Oktober, voltar a dirigir... Ai, coisa boa!!

E ainda assim vou sentir falta daqui... Mas logo volto e começo a estudar, o que eu estou doida para fazer.

E vamos que vamos!!!!

Recorde

Voltamos a normalidade na Pizza Hut.

Normalidade para nós significa correria total durante os turnos... Ou seja: o povo voltou de férias, voltou a receber grana e voltou a lotar o restaurante. Na terça e ontem foi assim... sala cheia, correria para tentar atender todos satisfatoriamente...

Mas eu acho que bati o meu recorde pessoal. É que na terça e na quarta eu trabalhei de noite sozinha, atendendo o pessoal que ia no restaurante para comer e para pedir pizzas para levar. Na terça eu estava preparada espiritualmente para correr, já que tinha jogo no Santiago Bernabeu do Real Madrid - e o estádio fica pertíssimo da pizzaria. Realmente, atendi bastante gente, mas duas mesas a Aracelli (subgerente) chegou a atender.

Agora, quarta foi foda. Acho que bati o meu recorde - que, até então, era de 14 mesas. Eu atendi durante a noite 15 mesas e ainda pedidos para levar... Caraca, foi correria total. Mas tudo bem, agora tenho meu merecido dia de descanso.

Mas uma coisa é fato: não teremos mais dias tranquilos como antes. Agora é pega-pra-capar.

Eu já tenho!!!!




Você já tem o seu ingresso para o Ben Harper na próxima semana em Madrid? Eu já tenho. hehehehe

Meu, acho que o show vai ser bem bacana. Depois, já estou me projetando para ver o Nouvelle Vague... Quem sabe?

Decidi dar um tempo na fase sair-para-beber-e-falar-besteira-com-os-amigos para entrar em uma fase de fazer programas culturais. Afinal, porque não, ao invés de gastar uma grana em uma ou duas saídas com os amigos, gastar a mesma grana para ver um show bacana? Os amigos são fundamentais, é verdade, e vou continuar saindo com eles, mas agora estou para ver shows, ir em museus e etc.


Agora, o engraçado do ingresso do Ben Harper é que eu fui retirá-lo duas semanas atrás levando o meu cartão de crédito do Brasil e a mulher disse que não, que a entrada tinha sido comprada com outro cartão. Eu falei que impossível e tal, porque comprava tudo pela internet com esse cartão... Enfim, fiquei brava, vim para casa, pesquisei, pesquisei e vi que não tinha descontado no cartão do Brasil os ingressos... Aí conclui que comprei com o cartão do Caja Madrid. Ooooooohhhhh, cabeção!!!!!!

Depois conto aqui como foi o show.

domingo, setembro 24, 2006

Noches en Blanco

Andei, andei e andei... as 6h da manhã estava meio morta, mas superfeliz.

Ontem rolou em Madrid uma das edições da Noche en Blanco, que circula por cidades da Europa desde o dia 26 de agosto. A programação em cada cidade rola nos sábados, um após o outro, e esse ano está agregando Paris, Roma, Madrid, Bruxelas e Riga.

Curti a noite com meu grupo de amigos. Não conseguimos ver muita coisa, para falar a verdade, primeiro porque não nos programamos bem. Depois, porque paramos para conversar, alguns para fumar, quase todos para beber e comer... coisas de saída em grupo. hehehehehe

Mas foi bacana também por isso. Em todos os lugares que fomos eu gostei muito, especialmente em Conde Duque... mas até no Templo de Debod, com uma apresentação de world music super sinistra, eu gostei... adorei os templos de noite - coloquei foto no meu fotoblog.

Sei lá, gostei de tudo. Muito bom ver a cidade assim, transbordando arte... cinema, música, artes plásticas e urbanas... instalações... muita gente na rua... milhões de pessoas. Muito bacana. Amei.

Se não desse um puta trabalho organizar uma noite assim, eu queria que rolasse várias dessas... seguidas ou uma por mês, tanto fazia.

Ah, para terem uma idéia da gigante programação... no site da Noches en Blanco (http://lanocheenblanco.esmadrid.com/lanocheenblanco/jsp/index.jsp?idioma=es) a programação da noite está dividida em nada menos que 49 páginas, com uma média de quatro eventos em cada uma... É brincadeira ou não?

E teve gente que conseguiu perder. Nossa, eu não perco dessas por nada nesse mundo. Por essas e por outras que eu adoro estar aonde eu estou, exatemente agora.

sábado, setembro 23, 2006


Casa de Areia


Eu já tinha falado do filme antes aqui.

É excelente e, para mim, o real competidor brasileiro para qualquer prêmio internacional.

Ok, ainda não vi Cinema, Aspirinas e Urubus, que deve ser muito bom também... e não vi ainda porque o povo não colocou na net, mas logo que der quero ver.

Mas esse post é para comentar da estréia de Casa de Areia nos Estados Unidos, em 11 de agosto... Assim como aconteceu com Cidade de Deus, bem que os americanos podiam indicar o filme para o Oscar por conta própria, hein? Ele merecia.

Aqui o cartaz do filme nos States.

OBS.: Vendo no site IMDB, o maior arquivo sobre cinema do mundo, vi que Casa de Areia tem a cotação 7,4 (achei pouco, mas tudo bem) e que arrecadou até o dia 10 de setembro 239,6 mil dólares nas bilheterias... é uma miséria, comparado aos outros filmes, mas aos poucos vamos chegando lá.

Já o filme entre a crítica está muito bem, obrigado. No site RottenTomatoes, que traz sempre críticas de vários jornais do mundo, o filme está com 82% de avaliações positivas. Isso é muito bom.